Principais tipos de consórcio: entenda cada um

principais tipos de consórcios

Principais tipos de consórcio: entenda cada um

A opção pelo consórcio pode ser a chave para adquirir um bem: seja um veículo, uma casa ou até uma viagem, com pagamento de antecedência há menos preocupações futuras.

O consórcio funciona da seguinte forma: os cotistas, ou seja, as pessoas que estão buscando o mesmo objetivo, pagam mensalmente uma tarifa. O montante final equivale ao valor de compra do bem de todos os participantes. 

Isso significa que ao final do consórcio, determinado pela instituição organizadora, todos os membros receberão uma carta de crédito equivalente ao valor contratual. A diferença desse modelo perante o financiamento tradicional é que no financiamento o pagamento é feito após aquisição do bem, mas no consórcio isso acontece anteriormente.

Vantagens de optar pelo consórcio

Existem algumas vantagens da opção pelo consórcio. Uma delas é que o pagamento não é acrescido de altos juros, o que ocorre no financiamento. Outro fator importante é que facilita a organização financeira: não é preciso investir muito dinheiro de uma só vez ou se comprometer a um financiamento a longo prazo para adquirir um bem: você pode participar dessa espécie de poupança coletiva.

Ocorrem também sorteios mensais (ou com frequência determinada pela instituição organizadora), em que distribuem cartas de créditos antecipados para os cotistas. O vencedor pode garantir seu bem antes da finalização do consórcio se for sorteado. Ele continua tendo que cumprir o restante do período contratado, porém adquire o bem sem juros adicionais de um financiamento, mesmo que o pagamento seja posterior à compra.

Tipos de consórcio de carros e outros veículos

Os veículos são os principais focos de consórcio. Muitos motoristas investem para garantir a troca de carro futura. Se, por exemplo, um consórcio dura cinco anos, o condutor pode planejar quando será sua próxima troca de veículo e mensalmente investir nela.

Isso evita gastos repentinos ou juros altos da taxa de financiamento na hora que for necessário trocar de carro.

Mas não são só os carros que são  comprados por consórcio. Há opções para motocicletas, mas também barcos, aviões e helicópteros. Tudo depende do valor da instituição e do modelo de consórcio contratado. É importante analisar todas as taxas envolvidas durante as regras do contrato e analisar se é ideal para você como consumidor.

Consórcio de imóveis

Além dos veículos, há opções de consórcio para imóveis. O consumidor pode estar buscando a casa própria, mas isso exige planejamento adiantado para evitar gastos extra. 

Sendo cotista de um consórcio, ele pode investir em seu futuro (ou até no futuro de seus filhos) e colocar esse sonho dentro do planejamento financeiro.

Ao receber a carta de crédito equivalente à compra, o consumidor evita altas taxas de financiamento imobiliário. Essa modalidade permite a compra e o irmão melhor de forma mais acessível Além disso um consórcio também pode ser utilizado para compra de terreno para posterior construção modalidade que nem sempre aceita programa cimento.

Consórcio de bens móveis

Nem todo mundo sabe, mas não são só veículos e imóveis que são contemplados por consórcios. Há modalidades que são organizadas para comprar bens como eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos. Como são compras de alto custo, se você pretende no futuro montar sua casa, fazer uma grande reforma ou investir na carreira com novos equipamentos, pode ser a hora de procurar um consórcio que contemple essa possibilidade.

Consórcio de serviços

Além dos bens, existem consórcios para a contratação de serviços. É o caso, por exemplo, de consórcios para realização de casamentos: os noivos investem mensalmente durante um período pré-determinado e ao final recebem a carta de crédito que utilizarão para investir na cerimônia. Existem também consórcios para serviços com cirurgias plásticas, festas de formatura, viagens internacionais e outros grandes gastos.

Qual a vantagem dos tipos de consórcio?

Além de vantagens em relação à quantidade de dinheiro e menores taxas, a organização financeira pode ser grande aliada nesse processo. Ao contrário dos contratos de financiamento tradicionais, não há surpresas: antes do consórcio ser contratado já está determinada a parcela mensal, os critérios de participação, o cancelamento e as condições de sorteio antecipado.

Dessa forma, o pagamento mensal faz parte do orçamento. O ideal é buscar um consórcio que esteja de acordo com seus ganhos e gastos. Essa modalidade torna possível uma aquisição de grande custo sem que isso comprometa o orçamento mensal.

Se você concluir que o consórcio é uma boa opção para seu objetivo, é importante atentar para todos os detalhes: valor das parcelas, da carta de crédito, o tempo de contribuição e as regras. Todos devem estar de acordo com sua necessidade. Também verifique se a instituição é confiável e está regularizada para realizar oferta de consórcio. É muito importante, assim como em qualquer contrato, prestar muita atenção aos detalhes e ter certeza de qual é a opção ideal antes de investir.

Quer saber mais? Converse com nossos especialistas!